Nazi Lauck NSDAP/AO Portugues Boletim de Noticias NS 103-14 . . .

Nazi Lauck NSDAP/AO

Boletim de Notícias NS

Do NSDAP/AO –

Internet Edição em Português

#103/14 – Verão 2000 (111)

BOLETIM DE NOTÍCIAS NS é publicado pelo NSDAP/AO em diversas línguas, incluindo Português, Inglês, Alemão, Húngaro, Holandês, Francês, Sueco, Espanhol e Italiano, numa base irregular. O preço da assinatura por doze números é de US$30.00. (Cada número está disponível em CD para computador por US$10.00.)

As edições Inglesa e Alemã do BOLETIM DE NOTÍCIAS NS são prioritáriamente orgãos internos. Elas suplementam os jornais tabloídes bi-mensais THE NEW ORDER em Inglês e NS KAMPFRUF em Alemão. (O tabloíde Dinamarquês FÆDRELANDET é um projecto conjunto com o DNSB na Dinamarca.)

Todas as principais moedas em circulação são aceites. (Notas apenas - não são aceites moedas e selos) bem como vales postais internacionais (não são aceites cheques pessoais nem cheques "postgiro".)

Escritores e tradutores dispostos a voluntariar a sua assistência são bem vindos.

NSDAP/AO: PO Box 6414, Lincoln, NE 68506 EUA

Adolf Hitler - Líder do Sacríficio Pessoal

por Michael Storm

Adolf Hitler – A Maior Figura do Milènio !

O Nacional Socialismo, tal como todo o movimento revolucionário, é abastecido pelo sacríficio pessoal. O nosso movimento é único porque não só o nosso líder demonstrou o exemplo de sacríficio pessoal durante a luta pelo poder, mas também durante toda a sua vida.

Quando Hitler era um adolescente ele atribuío a sua pensão de orfão à sua irmã mais nova, Paula, e depois lutou sozinho para sobreviver num mundo hostíl, no qual o seu pão do dia a dia tinha de ser amarguradamente ganho. Este incidente precoce de colocar as necessidades de outros à frente das suas foi constante durante a sua vida.

Durante a Primeira Guerra Mundial, Hitler partilhou todas as durezas dos soldados comuns. O seu regimento enbranqueceu de sangue na frente. À medida que a sua força declinava, cada homem era chamado a fazer mais. Nenhum homem fez mais que Hitler. Ele voluntariava-se constantemente para efectuar deveres extra, aceitou as mais arriscadas nomeações, e por pouco escapou à morte dezenas de vezes. Era como se só com a sua própria vontade ele conseguisse trazer a vitória à Alemanha. Quando chegava a altura de partir num bem merecido descanso ou licença, ele recusava-se e oferecia-a a um homem casado para que este pudesse passar algum tempo em casa com a família.

Após a facada nas costas e a humilhante derrota da Alemanha, Hitler jurou dedicar o restante da sua vida a tornar a Alemanha grande e derrubar o maléfico tratado de Versailhes. Durante estes anos de luta, ele conheceu ainda maiores privações que na sua juventude.

O seu guarda roupa pessoal era tão andrajoso que um membro do partido teve de doar um fato para que o Führer se pudesse encontrar com os indústriais bem sucedidos. Não só viveu ele humildemente para que cada marco fosse para a luta , mas também teve de abandonar o seu sonho de alguma vez se tornar ( ou assim pensava na altura ) um artista ou um arquitecto.

Ganhos materiais não eram os únicos sacríficios que o partido exigia do seu líder. Hitler regularmente se lamentava de não poder usufruir do coração e seio da sua própria família, porque não podia casar uma vez que já casara com toda a Alemanha. Pior ainda, ele sabia que jamais iria sentir a alegria da paternidade, porque seria injusto para os seus filhos, o fardo de prosseguir os seus passos seria demasiado grande para eles.

Quando a guerra se forçou sobre a Alemanha , o Führer teve de abandonar o seu sonho de reconstruir as suas cidades. Ele então envergou o seu uniforme e recusou-se a retirá-lo até a vitória ser alcançada. Ele trabalhava a qualquer horário, sempre tendo mais e mais para fazer. O seu aquartelamento, o "covil do lobo" em Rastenburgo, foi enterrado numa floresta pantanosa que era demasiado quente no Verão e damasiado fria no Inverno. O seu pessoal encarava-a como uma nomeação maçante e mal podia esperar para ser re-nomeado para Paris ou Berlin, deixando o Führer para trás a trabalhar pela Alemanha sem entretenimento, luzes fortes, ou o doce fruto da vitória.

No bunker do Führer na Primavera de 1945, Hitler escapulia-se por alguns minutos das conferências militares para admirar as maquetes das belas cidades Nacional Socialistas que sonhava construir após a guerra, sabendo demasiado bem que jamais seriam construidas no decorrer da sua vida.

Quando os obuzes Soviéticos iniciaram a cair na cidade, ele revelou ao General León Degrelle das Waffen SS que se tivesse tido um filho, iria querer que ele fosse como Degrelle, mas que Degrelle devia preservar a sua vida bem como o Coronel Hans-Ulrich Rudel, para que inspirassem a futura juventude Alemã com o seu heroísmo. O Führer revelou que iria fazer o sacríficio final pela Alemanha e que não iria fugir, mas combater o inimigo até ao fim, e depois privar os capitalistas e bolcheviques do seu prazer Judaico de não só o levar a tribunal, mas também de mutilar o seu corpo, então ele lutou até os "Untermenschen" estarem a uns escassos metros de distância, então voou até Valhalla.

Adolf Hitler foi um homem que se sacrificou a si, a toda a sua vida, pelo seu povo. A grande vírtude é uma característica intrínsica do Nacional Socialismo, o sacríficio do indivídual pelo bem maior. É esta a razão pela qual um só Nacional Socialista vale uma centena de Democratas ou Republicanos. É o que nos torna tão fortes e tão temidos.

Como um jovem S.A., eu costumava trabalhar 48 horas semanais numa fábrica local, doar todo o meu salário ao partido, limpar a sede, guarnecer a escrivaninha, colher assinaturas em petições, cozinhar refeições, dar entrevistas à televisão, e de vez em quando divertir-me numa luta de rua com a escumalha da Terra. A maior parte dos Nacional Socialistas dos "bons tempos" eram difíceis de encontrar quando chegava a altura de trabalhar ou doar dinheiro sériamente. Não surpreendentemente, todos eles deixaram o movimento não por ameaças de morte ou bombas, mas pela sua falta de convicção no Nacional Socialismo. Eles queriam "festejar" e retirar glória dos sacríficios merecidos de outros camaradas. Estes zangões rapidamente deixavam o partido, e de cada vez que o faziam, tornáva-nos mais fortes.

Comparados com os sacríficios do nosso Führer, o meu dinheiro, suor e sangue são uma oferenda mesquinha. Contudo, o nosso movimento hoje está repleto de camaradas cujos sacríficios os tornam heróis: verdadeiros Nacional Socialistas como Reinhard Sonntag, que deu a sua vida à alguns anos atrás, e Gottfried Küssel, que está na cadeia à mais de dois anos ( e ainda tem pela frente outros oito anos na prisão ) bem como muitos, muitos mais que, por razões de segurança, não podem ser nomeados, mas sem os quais hoje não estarias a segurar este jornal nas mãos e a ler este artigo.

Nós Nacional Socialistas julgamos um homem ou uma mulher por um só teste de força, e esse é o quanto eles sacrificam pela vitória. Quão espertos são (ou pensam que são), quão ricos são, que bons lutadores clamam ser, ou quanta cerveja conseguem consumir, nada significa... somente quanto uma pessoa dá de si própria!

Cada um de nós - tu e eu inclusos - deve questionar-se quanto a essa questão crucial!

Heil Hitler!

Einstein:

"A Figura do Século" ou "A Figura Que Nunca Foi"!?!

Em Dezembro de 1999, a revista Time promoveu Albert Einstein como a Figura do Século. Isto talvez não seja surpreendente uma vez que ambos são Judeus! Contudo, deverá ser lembrado que a contribuição de Einstein para a humanidade foi a de nos trazer o holocausto nuclear de Hiroshima e Nagasaki (bombas atómicas que também estavam designadas a cidades Alemãs), juntamente com os seus colegas Judeus Leo Szillard (Spitz), Edward Teller, Eugene (Jeno) Wigner, e Robert Oppenheimer; e subsequente envenenamento ambiental da indústria nuclear. Ficam aqui alguns factos que se esqueceram de lhe revelar quando criaram o mito sobre esta ‘Figura do Século’, como algum tipo de exemplar da humanidade.

Einstein, o salão Bolchevista e Sionista, com pobre aproveitamento escolar, obteve muitas das suas ideias de outros, incluindo a sua esposa Mileva Marie, uma colega de turma Sérvia no Instituto Politécnico de Zurique, com quem se casou em 1903. Contudo, sendo um oportunista, Einstein divorciou-se de Marie em 1919, o ano em que alcançou fama quando uma expedição Britânica a um eclipse verificou algumas das suas reivindicações.

Debrucemo-nos agora para a verdade sobre Einstein, que sem merecer foi adulado a ser o ‘maior génio do Século Vinte’. Os historiadores sempre acreditaram que David Hilbert, um matemático Alemão, descobrira as equações correctas para a relatividade geral antes de Einstein que pode ter copiado equações cruciais. Adiantando, a equação matemática "E = mc ao quadrado" que resultou na era atómica, foi descoberta por Olinto de Pretto e publicada em 1903. Einstein utilizou a visão de De Pretto em 1905, mas à anterior nunca foi dado crédito!

O seu carácter contraditório e tenebroso são demonstrados quando o publicitado pacifista Einstein se torna uma figura de liderança na promoção de uma guerra Americana contra a Alemanha e desenvolve secretamente a bomba atómica! E quanto à vida privada deste homem, retractado como uma gentil figura paterna e professor amalucado? Einstein era um mulherengo que foi infiel às suas duas mulheres, indiferente para com os seus filhos, e teve uma filha ilegítima. Todos aqueles interessados nos factos ocultos e sórdidos deverão ler The Private Lives of Albert Einstein ( As Vidas Secretas de A. Heinstein) (New York, 1994) por Highfield e Carter. Este retracto não charmoso de Einstein expõe as emoções destrutivas que governaram a sua personalidade e os exteriores vacilantes em que ele tornou a sua vida pessoal.

Tal é o carácter desta ‘Figura do Século’!

Mas como foi Einstein nomeado? Considerem o seguinte! Em 1998 recorreu a ‘Votação 100 Time’ – ‘Personalidade do Século’ pela revista Time , votação que excitou as mentes de milhões de pessoas. Jesus Cristo foi votado no. 1, e o líder da Alemanha Nazi Adolf Hitler foi votado no. 2. Contudo, Cristo foi eliminado porque não havia vivido no Século Vinte, colocando Hitler no topo da lista.

A prospecção de Hitler se tornar na Figura do Século era intolerável! Os mass media controlados pelos Judeus haviam gasto os passados 60 anos manufacturando a história do Holocausto e a industria da culpabilidade para diabolizar Hitler. Eles transferiram para ele os bestiais crimes perpetuados pela sua confraria Comunista na União Soviética. Fizeram tudo para suprimir a verdade de que Hitler colocava o seu povo acima de tudo, vivia frugalmente, não recebia ordenado, nem compôs família dedicando a sua pessoa ao seu povo. Não lhe é permitido tomar conhecimento dos seus feitos positivos na liderança de um governo de actos, não palavras: em seis anos seis milhões de desempregados tornaram-se num milhão de vagas ( a maioria antes do rearmamento); a pobreza foi eliminada, um aumento dramático dos padrões de vida foi conseguido, 300.000 novas construções foram efectuadas, e outros projectos de bem estar social e de saúde foram lançados ( por exemplo o aumento de médicos e enfermeiras); houve um grande progresso na produtividade industrial, educação, e cultura; e a taxa de criminalidade foi drasticamente cortada... Tente encontrar uma lista de feitos positivos nos seus livros de história! Se não os conseguir encontrar, pergunte-se porque cerca de 80.000.000 pessoas votaram em Hitler, diversas vezes, ou porque durante a II Guerra Mundial mais de 1.000.000 estrangeiros se voluntariaram para lutar por ele, até antigos inimigos. Mitos de propaganda não desaparecerão!

De qualquer modo, a perspectiva foi suficiente para esporear grupos Judeus a agir e avançaram com o assassinado Primeiro Ministro de Israel Ytzhak Rabin para o topo da lista, um nadas que nem estava nos top vinte. Deixando passar algum tempo e ignorando a escolha do povo, um grupo selecto escolheu outro Judeu, Albert Einstein.

Primeira Marcha Através

do Portão de Brandeburgo!

A 30 de Janeiro 800 Nacionalistas e Nacional Socialistas marcharam através do famoso Portão de Brandeburgo em Berlim pela primeira vez desde 1945! Esta marcha fez parte de um protesto contra o difamatório memorial da HoloBurla agendado para ser construído no capitólio ocupado do Reich.

No mesmo dia 150 nacionalistas efectuaram uma demonstração em frente à casa do antigo Chanceler Helmut Kohl em Oggersheim.

Uma conferência internacional sobre a HoloBurla foi efectuada em Estocolmo por volta da mesma altura, onde o ressurgimento do Nacional Socialismo foi duplamente debatido.

Bem Vindo à Cidade da "Suástica"!

Se alguma vez existiu um local realmente nomeado após o antigo símbolo da nossa Raça Branca, alguém pode imaginar que tal localização deve ter sido fundada na Alemanha Nacional Socialista. Que uma cidade de facto carregou tal nome durante a primeira metade do século 20 é um assunto de registo histórico. Mas não se encontrava no Terceiro Reich.

Por estranho que pareça, a vila de Suástica iniciou-se como uma comunidade mineira antes de 1906 nos arredores do Lago Kirkland no norte do Ontário, Canadá. Quem escolheu o nome e o porquê são questões perdidas no tempo. O que é certo é que a população cresceu até 10.000 habitantes na metade dos anos de 1930. Foi então que as autoridades do governo Canadiano iniciaram a pressionar os cidadãos de Suástica para alterarem o controverso nome. Eles recusaram-se. Muitos, talvez a maioria, assumiam-se como pró-Hitler e parte do movimento Nacional Fascista de Avery Brundage. Outros, que estavam medianamente dispostos ao Nacional Socialismo, utilizaram a contenda do governo perante o bom nome da sua cidade como um meio de exprimir a sua desobediência perante os Judaicamente guiados vigaristas liberal-conservadores que haviam guiado a sua civilização até à Grande Depressão.

Como um único escritor moderno relata a controvérsia, "Após o início da II Guerra Mundial, o Premier do Ontário, Mitch Hepburn, decidiu que o nome não era patriótico, então tentou alterar o nome do posto dos correios para Winston em honra do herói de guerra Britânico, Winston Churchill. Mas os habitantes de Suástica assim não o pensavam, e num encontro público que ocorreu a 13 de Setembro de 1940 resistiram à alteração." Inacreditavelmente , o nome manteve-se durante aquela guerra fratricida. Mas os odiosos da nossa Raça Branca não desistiram. Temendo um revivalismo de consciência racial popular durante a proclamada "Era McCarthy", quando traidores Comunistas Judeus estavam a ser expostos através dos círculos do governo na metade dos anos de 1950, um fomentador Judeu (Corporação Leavitt) adquiriu a pequena cidade de Suástica e imediatamente alterou o seu nome original.

A nossa história pode terminar aqui, com excepção de mais um facto curioso, uma coincidência(?) que, ao fim de contas, liga a vila Canadiana a Adolf Hitler, contudo tenuamente. Enquanto o futuro Líder era um humilde soldado durante a I Guerra Mundial, Lorde Redesdale residiu numa cabana de cepo na Suástica do Ontário. Ele era o pai de Unity Midford, uma bela Nacional Socialista e devota amiga pessoal de Hitler, que dedicou a sua vida a evitar uma guerra entre a Grã Bretanha e a Alemanha. Ela provou ser a primeira baixa desse conflito suicida. Deslumbrada por visões da inevitável catástrofe para a Civilização Ocidental, ela acabou com a própria vida. O que, se algo mesmo, lhe contou o pai sobre os seus anos na Suástica do Canadá não chegou até nós.

Um tema menos de meio compreendido, mais intuído, quase místico aparenta de algum modo ventilar o seu caminho da cidade longe no norte com o seu sagrado nome até à história da nossa luta. Em qualquer caso, os Nacional Socialistas Canadianos possuem uma razão extra para se manterem orgulhosos da sua herança Ontária!

por A. V. Schaerffenberg

Fonte: Colombo, John Robert, Mysterious Canada, Strange Sights, Extraordinary Events, and peculiar Places, Doubleday Canada Ltd., Toronto, 1989, página 240

Notícias do Movimento

Solidariedade Global para com Gerhard Lauck

O antigo Embaixador do Chile na Áustria (entre 1964-1970), Miguel Serrano, enviou uma carta de protesto formal contra o último processo de Lauck para a Embaixada dos E.U.A. em Santiago. Foi entregue pela sua secretária pessoal a 26 de Novembro. ( Lauck enfrenta um máximo de cinco anos na cadeia e/ou uma multa de $10.000 dólares por se recusar a ser criminalizado por praticar o seu direito de expressão.)

No outro lado do globo, o Partido Nacional Socialista dos Trabalhadores Japoneses (NSJAP) organizou uma demonstração de protesto contra o processo de Lauck em frente da Embaixada dos E.U.A. em Tóquio a 5 de Dezembro. O primeiro relatório enviado por fax do Japão terminava com as palavras EIXO ETERNAMENTE!

A União Nacional Russa (RNE) planeou uma demonstração de solidariedade em frente da Embaixada dos E.U.A. em Moscovo, mas o acontecimento foi evitado pela polícia. Portanto, a RNE enviou uma carta de protesto contra o processo de Lauck para a Embaixada dos E.U.A..

Nos E.U.A., THE SPOTLIGHT imediatamente relatou a prisão de Lauck e o Dr. Pierce deu a este caso cobertura substancial na sua emissão de 13 de Novembro da National Alliance.

Por favor enviem donativos: Gerhard Lauck Defense Fund, NSDAP/AO, PO Box 6414, Lincoln, NE 68506 USA.

Os nossos camaradas Japoneses do NSJAP protestando em frente da Embaixada dos E.U.A. em Tóquio contra o último processo de Lauck.

Jonni Hansen Preso!

Jonni Hansen, cabecilha do Movimento Nacional Socialista Dinamarquês(DNSB) – uma organização irmã do NSDAP/AO muito importante – foi preso a 21 de Dezembro. Ele enfrenta uns possíveis quatro anos na prisão – por se defender!

Eis o que aconteceu...

Quando o seu carro estacionou em frente da sede do DNSB em Greve, foi imediatamente cercado por cerca de 20 a 30 comunistas armados com barras de ferro e até mesmo moto-serras. (Aparentemente, haviam planeado atacar a cerca de madeira do DNSB. Anteriormente, haviam incendiado a sede e até tentaram envenenar o cão de guarda.) Sozinho no carro, fez a única coisa sensata – arrancou, inevitavelmente através dos vermelhos, o que colocou seis deles no hospital.

Envie-lhe cartas de solidariedade: Jonni Hansen, Prisioneiro Número 4860-99, Vestre Faengsel, Vigerslev Alle 1 D, DK-2450 Copenhagen SV, Dinamarca.

Solidariedade Dinamarquesa-Alemã

"A vida está a tornar-se impossível para o cidadão mediano aqui em Flensburgo. A esquerda fez-se acolher cá como em casa. Utilizam violência física contra qualquer um que discorde com eles, até contra mulheres e crianças. A polícia não faz nada."

Finalizou o cidadão local explicando a situação aos estranhos que o vieram auxiliar. Estes incluíam nacionalistas Alemães e os nossos camaradas Dinamarqueses do DNSB, que viajaram desde Copenhaga para estar lado a lado com os seus parentes raciais contra o vilão comum.

A marcha de protesto nacionalista foi saudada por uma chuva de pedras da escumalha vermelha. Um jovem, atingido por uma pedra, caiu ao chão. Os seus camaradas rapidamente o levantaram. "Temos de continuar!"

"Temos de continuar!" tornou-se a palavra de ordem da manifestação. Somente os que estiveram presentes e observaram as suas caras podem apreciar a determinação. Espectadores mais idosos haviam presenciado algo semelhante entre os anos de 1920 e 1930. Sorriram e acenaram.

Uma nova geração, vestimentas diferentes, mas o mesmo espírito!

Sieg Heil!

Camaradas Dinamarqueses e Alemães marcham lado a lado em Flensburgo contra a escumalha vermelha. Juntos Somos Fortes!

"Propaganda Grátis" na Suécia

Quatro grandes jornais Suecos aparentemente decidiram apoiar o Nacional Socialismo ao editar os nomes, endereços e fotos de aproximadamente 60 camaradas na Suécia. Obviamente, pensaram que belas mulheres Suecas se sentiriam atraídas pelos bem compostos jovens rapazes e estouraria o número de filiações.

A Frente Nacional Socialista (NSF) demonstrou a sua gratidão editando os nomes e fotos (mas não os endereços) dos quatro editores.

Temendo um crescimento em massa do Nacional Socialismo, a Embaixada Sueca pressionou o hospedeiro da net baseado nos E.U.A. para remover a página da NSF/Motstand.

Nova Página do NSDAP/AO

O NSDAP/AO lançou a primeira página de seu domínio no dia 20 de Janeiro no endereço http://www.nazi-lauck-nsdapao.com. Esta é a principal página do NSDAP/AO. Já possui onze línguas e aproximadamente 100 páginas individuais.

Primeiro Número Finlandês

A primeira publicação do NSDAP/AO no ano do milénio foi o primeiro número da edição Finlandesa do Boletim de Notícias NS. Saudações aos nossos camaradas Finlandeses! Juntos Somos Fortes!

O novo boletim do NSDAP/AO em Finlandês.

Húngaros Apoiam Haider

No dia 13 de Fevereiro mais de 1000 nacionalistas organizaram uma demonstração de solidariedade a Jörg Haider em frente da Embaixada da Áustria em Budapeste. A demonstração foi organizada pelo braço jovem dos nacionalistas do Partido Húngaro da Vida e da Justiça (MIEP). O MIEP é dirigido pelo anterior dramaturgo Istvan Csurka. Possui 12 lugares no Parlamento Húngaro.

Rádio Nazi de Ondas Curtas

Um camarada de Nova Iorque discute política no seu poderoso rádio de ondas curtas aos Domingos de manhã a partir das 09:45 hora da Costa Este. Faixa de 20 metros, frequência 14.340, sinal de chamada KB2QG11. Fala Inglês e Alemão.

Rádio Nacionalista no Canadá

Ouça a "Rádio Canadá Livre" às Terças a partir das 16:00 h Costa Este através da rádio de ondas curtas WBCQ, 7.415 kHz, co-financiada pelo Partido Nacionalista do Canadá.

Morreu Allen Vincent

Allen Vincent, um dos últimos activistas da era de Rockwell, faleceu. As suas décadas de inflexível activismo Nacional Socialista dizem mais sobre a sua lealdade que qualquer louvor. Em 1976 até fez parte de uma demonstração em frente a uma prisão Alemã contra a (primeira) prisão política de Lauck. Agora descansa com o Comandante Rockwell em Valhalla.

Processo Civil contra Judeus

Um processo civil foi preenchido num tribunal federal de Nova Iorque contra o Centro Médico VA de Manhattan por violação dos direitos civis dos Cristãos por se recusar a expor cenas de natividade Cristã durante os feriados, e contudo expor o Menorah Judeu e as Estrelas de David por todo o hospital.

A Injustiça Governa na Alemanha

Na noite de 27 para 28 de Outubro os vermelhos – que mais tarde reivindicaram o seu crime por telefone – incendiaram a casa do patriota Alemão Thorsten Heise. Ambos ele e o seu filho de quatro anos(!) foram hospitalizados devido à inalação do fumo. Quando outros patriotas anunciaram uma demonstração de anti-violência, as autoridades não só a baniram – como até foram ao ponto de prender Thorsten, o que eles chamaram de "prisão preventiva"!!!

Acção de Alerta ao Viajante no Maine

Centenas de panfletos de ALERTA AO VIAJANTE foram distribuídos através do Aeroporto de Jactos Internacional – perto dos portões de embarque e no interior de publicações gratuitas. Os media locais também mencionaram a recente prisão de Gerhard Lauck Embora o único voo internacional seja entre Portland e Montreal, muitas pessoas apanham voos de ligação para a Europa em Boston, Nova Iorque e Washington DC.

Japonês Esclarece Berlim

De acordo com um relato no número de 23 de Novembro do jornal Japonês Jihi Tsushin, um empresário Japonês de 40 anos foi preso em Berlim por distribuir panfletos anti-semitas. Após três dias de prisão e uma visita pelo Embaixador Japonês, foi deportado para o Japão.

Prisões na Áustria

A polícia prendeu oito líderes de um grupo da resistência nacionalista no norte da Áustria. Aproximadamente 70 pessoas foram interrogadas. O grupo alegadamente possuía um campo de treino após a fronteira da República Checa.

Guarda Readmitido

O Tribunal Supremo do Estado de Nova Iorque emitiu uma ordem arbitrária para a readmissão de um guarda prisional que havia sido despedido por exibir uma bandeira com a suástica na sua casa. O governador não ficou satisfeito.

Jack Prins Faleceu

O Partido Nacionalista do Canadá relatou a morte súbita de Jack Prins a 20 de Novembro em Toronto. Ele tinha 77 anos. Nascido nos Países Baixos em 1922, deslocou-se para o Canadá em 1955, onde se tornou uma celebridade no mundo da luta livre profissional como "A Maravilha Mascarada". Ele era um activista de longa data do movimento branco racialista. A sua sabedoria, experiência, coragem, dedicação e aquecida camaradagem serão grandemente sentidas.

Propaganda Grátis Cortesia do Governo Alemão

Recentemente um camarada visitou a exibição governamental "anti-extremista" em Freiburgo, que foi guardada por imensa força policial. O NSDAP/AO foi frequentemente mencionado e fotos de Gerhard Lauck mostradas. Claro, o pobre comentador não sabia que estava a falar para um activista do temido NSDAP/AO sobre "os perigos do extremismo de direita na República Federal da Alemanha"!

Lei Anti-Direito de Expressão no México

Os Judeus fizeram passar uma lei "anti-ódio" no México. Muitos nacionalistas e jornalistas são activistas. Relataram que nenhuma lei os pode parar, que a luta é hoje desempenhada mundialmente, e que lutarão até à vitória final.

O Traidor e a Assassina

O traidor Ingo Hasselbach tornou-se noivo da cidadã Alemã Debbie Milke, que foi sentenciada à morte por um tribunal dos E.U.A. pelo contrato de assassínio do seu próprio filho de quatro anos, de acordo com um jornal Alemão. Um par perfeito!

NSDAP/AO Português