Nazi Lauck NSDAP/AO Portugues Boletim de Noticias NS 115-22 . . .

Nazi Lauck NSDAP/AO

Boletim de Notícias NS

Do NSDAP/AO –

Internet Edição em Português

Número 115/22 – Outono 2003 (114)

4000 camaradas honram Hess

Em 16 de agosto de 2003 (114) mais de 4000 camaradas de toda as regiões da Alemanha e diversos países europeus participaram da marcha comemorativa desse ano do grande mártir da Raça Branca, Rudolf Hess.

A repressão policial incluiu uma captura de mais de 70 camaradas, supostamente por símbolos e armas ilegais. Essa manifestação foi recebida positivamente pela população local, que rejeitou severamente o obsceno projeto de tocar músicas de negros ruidosamente de suas casas ao longo da rota da marcha com suas janelas abertas. Somente 300 que eram contra a manifestação estavam lá.

Como vencer inimigos e influenciar pessoas!

O atual presidente dos EUA George Bush Jr geralmente não é considerado como tendo o cérebro de um cientista de foguetes. Mas você tem que dar crédito onde crédito é dívida. George está conseguindo fazer algo que ninguém mais na história do mundo fez: Ele fez dos Estados Unidos da América a nação mais odiada da Terra!

Com certeza, o mundo muçulmano têm sido bem anti-Americano – não sem uma razão de Deus (!) – há algumas décadas. E alguns de "nossos aliados", sem mencionar os franceses, têm algumas vezes mordido seus lábios com aborrecimento. Não obstante, durante os primeiros duzentos anos ou quase de nacionalidade, a América foi principalmente uma popular, admirada e igualmente amada nação. Liberdade em casa e uma rejeição aparente do colonialismo fez da América amada.

A traição gradual da Doutrina Monroe em favor do intervencionismo – ex: Capitalismo Imperialista Judeu – está mudando isso uniformemente. O massivo apoio americano para o evidente estado terrorista de "Israel" piorou as coisas.

Quando o maligno Império soviético desmoronou, até os ingênuos jornalistas do sistema de imprensa previram um "dividendo de paz". Gastos militares seriam supostamente reduzidos a favor de programas sociais. Talvez os americanos iriam finalmente ter o tipo de governo que provê ajuda médica que a maioria dos países europeus do ocidente têm desfrutado por décadas – Sem tal sorte! Os políticos encontraram novos inimigos, os generais acharam que eles tinham o tipo errado de máquina de guerra para o novo "desafio", e os gastos militares na verdade aumentaram!

É claro, o termo "novos inimigos" simplesmente se refere à qualquer um que se opõe a Israel... ou Wall Street. A medida que o super poder resta, os Estado Unidos tem se tornado o poder coativo do Capitalismo Mundial. A velha máscara do "líder do mundo livre em defesa contra a tirania comunista" caiu. Desde então, a verdade crua tem se tornado cada vez mais óbvia.

A invasão não provocada e a dominação (como que colonial) do Iraque com clara violação da lei internacional foi a última gota. Camaradas americanos que visitam a Europa e objetivamente discutem problemas de ordem mundial com europeus comuns estão surpresos de ver quão extenso seu ódio por americanos se tornou. – A única coisa ainda mais chocante que esse ódio é a quase feliz ignorância do público americano, que sofreu uma lavagem cerebral feita pela mídia judaica. Porém, mais e mais americanos estão ao menos começando a se tornar um pouco mais suspeitos da mídia de massa. Durante a última Guerra do Golfo, os principais jornais dos EUA e da Austrália informaram que mais da metade dos visitantes de seus web sites não era seus compatriotas, principalmente americanos, que evidentemente não confiavam na cobertura da "Mídia Americana" e por isso procurava em outro lugar pelas notícias.

Não é ainda bem claro quanto desses "anti-Americanos" estão atentos à questão Judaica. Em muitos países, "anti-semitismo" é crime, assim como protestos "anti-americanismo" servem como um substituto legal. A qualquer preço, a parceria EUA/Israel em ainda mais crimes contra a humanidade é tão óbvia que o ódio contra um país será estendido ao outro. E agora esse ódio se estendeu do Oriente Médio para a Europa, onde há ainda uma discurso aberto de um eixo Paris-Berlim-Moscou contra Washington!

A medida que os americanos permitem "seu" governo de servir como prostitua e poder coativo para os judeus em Wall Street e Tel Aviv, eles encontrarão mais e mais hostilidade. Lamentável ou não, justo ou não, é uma conclusão renunciada. Se esse desenvolvimento ajuda a acordar o dormente gigante americano e voltá-lo contra seu mestre judeu, então essas nuvens negras podem se tornar um dia um forro prateado.

Gerhard Lauck

Reportagem do Front

Recorde pós-guerra: O número de incidentes anti-judaicos na Europa bateu um novo recorde desde 1945, informou a imprensa germânica apoiada pelo Centro Simon Wiesenthal.

Lista Negra Na Suíça :Camaradas Húngaros foram barrados na fronteira da Suíça e, banidos do país por um anos" devido a suas posições políticas, que são uma ameaça ‘a sociedade suíça." O NSDAP/AO foi mencionado.

Reconhecimento Governamental na Republica Tcheca: O relatório sobre Extremismo da Republica Tcheca para 2002 confirmou o NSDAP/AO e sua organização irmã NSEC como importantes meios de propaganda NS. Além disso o site da NSEC está além do domínio do governo tcheco, pois está hospedado nos EUA. (by comrade Lauck). (Veja www.nsec-88.org )

Invasão contra a RVF na Inglaterra, Uma elite armada _ o OS13 ANTI-TERRORISTA – da Scotland Yard, acusou 8 homens de liderar a RVF ("Revolutionary Volunteer Force") em 4 de Apesar de eles não oferecerem resistência eles foram postos sobre custodia sob a mira de armas. Computadores e celulares foram confiscados .Nada foi encontrado e eles foram devolvidos.. Eles estão preparando nova ofensiva, em maio.A operação foi comandada pelo MI5 General Director and Scotland Yard’s Special Branch.

Mais influencia Jurídica dos EUA? Agradeça a lei dos EUA pela extradição de 6 colaboradores NS holandeses, da Alemanha ocupada para a Holanda (em parte por causa de um decreto do Führer, eles tem cidadania alemã) O ministério Alemão da Injustiça está revisando os pedidos de extradição.

Sucesso em Concerto: Graças a colaboração entre holandeses e alemães, agora estamos tendo concertos relativamente livres na Holanda, escapando assim da perseguição alemã. Um concerto de 5 de julho contou com 200 camaradas alemães e holandeses onde Oidoxie tocou. (Veja www.oidoxie.de.)

Record na Hungria: Depois do artigo do jornal HETEK sobre o NSDAP/AO e seus camaradas húngaros que saiu em 26 de junho as visitas a seção húngara do site da NSDAP/AO alcançaram o mesmo nível da inglesa.

Camaradas alemães tiveram uma demonstração-memorial, em homenagem a dois homens da S.A. assassinados pelos comunistas em 1933: Walter Spangenberg e Winand Winterberg.

Voluntários suíços na Waffen-SS

VOLUNTÁRIOS SUIÇOS

Excerto de uma Ordem de Regimento de 29 de março de 1942

O regimento recebeu 22 voluntários suíços para a SS. Nós damos boas vindas aos camaradas que hoje, guiados pelo idealismo, fazem o que nós fazemos no período de luta. Nós todos lutamos para o Império Germânico da nação da Alemanha. Nosso Führer de todo povo alemão!

Assinado: Knights Cros Holder SS-Obersturmbannführer Schuldt

Um vôo de Ju 52 sobrevoa terra russa. Há algumas horas atrás os aviões saíram da Varsóvia e devem chegar ao seu destino em breve. Eles trazem alívio a uma unidade pressionada. Apenas um dos passageiros havia se sentado em um avião antes. Para cada homem a fascinante experiência de uma viagem pelo ar estava combinada com a tensão de uma iminente missão no front.

Pouco foi falado durante essa viagem. Os olhos vendo a imagem ta terra fugindo e os corações digerindo o que a fronte diz aos jovens soldados. A fronte!

Em suas terras natais eles não conheciam guerras. Claro, eles sentiam as ramificações econômicas. Eles ocasionalmente ouviam sobre um uma luta heróica, sobre ganhar e morrer. Mas eles não sabiam nada do que estava entre isso. Eles não sabiam o que era risco de vida. Não tinham idéia da alegria do triunfo. Não tinham noção da fé que um povo inteiro abraçava, e balançavam suas cabeças sobre o entusiasmo com o qual uma geração inteira fazia o esforço final.

Nesses três Ju 52 sentam hoje voluntários germânicos da Suíça. A maioria deles são homens jovens, mas alguns são mais velhos. Não estão servindo de elenco por coincidência dentro das altas ondas de elementos soltos. É a vontade pagar tributos ao que está vindo que os fazem desatar os laços com suas querências. Voluntários no uniforme da SS-Germânica!

Os aviões se preparam para pousar em um aeródromo provisório. Os homens agüentam firmes enquanto a manobra de aterrissagem não os lança para fora. Um campo coberto de neve não é uma pista de cimento!

Eles deixam o passado cinza um pouco atordoados. Entretanto, aqui no chão sólido eles já são recebidos pela dura realidade. Uma chuva de canhões!

Certo, lá estavam duas baterias de obuses. Suas detonações batiam no tímpano como trovões. Um deveria se acostumar com isso.

Tiros to inimigo voavam sobre a área. Os bolcheviques perceberam a posição e pesadas balas cortavam o céu, agitando o chão há algumas centenas de metros atrás deles.

Algumas ordens. Uma pequena coluna é feita e na mesma noite atinge a unidade do fronte.

Informando ao Führer

Um jovem líder da companhia, proprietário da German Cross in Gold, informa:

Era o primeiro dia de abril. Nós estávamos em "Ölberg", como chamávamos a colina estrategicamente importante perto de K. A unidade sofreu pesados acidentes durante semanas de luta defensiva. Os suplementos eram lentos e escassos. De novo e de novo os soviéticos tentaram nos tirar por trás do fronte. A situação estava séria e um socorro era urgente.

Naquele momento, 16 voluntários suíços vieram em minha companhia. Eles ficaram na linha de fogo pela primeira vez. Eu os mantive sob meu comando pessoal, os guiei à noite até as posições e os fiz observar os inimigos através dos binóculos.

Uma pequena floresta se estendeu à frente de nossas posições, cuja nomeamos "Floresta da bota" em razão de sua forma característica. Os soviéticos entraram na floresta usando toda a habilidade de guerra bolchevique.

Alguns pontos e posições avançadas seguraram o inimigo em xeque. A informação que veio foi que o inimigo teria atacado com força poderosa e tomado dois de nossos pontos estratégicos. Ninguém escapou com vida.

Pelotão suíço, a postos!

Divididos em dois pelotões os jovens voluntários avançaram, mas não sem casualidades. Mas a essência de cada pelotão atingiu os centros estratégicos, destruiu o inimigo lá, embora enfrentando resistência pesada e de novo mirou a metralhadora para a Floresta da Bota.

A artilharia soviética massacrou o ponto estratégico durante 4 horas. A infantaria atacou. A primeira onda foi ceifada por tiros de metralhadora. A segunda onda veio pra cima. Também falhou ao passar o território coberto pela neve entre a Floresta da Bota e nossas posições.

Em seguida houve algumas horas de quietude. Mas não foi um descanso para os homens. Tensos e com firmeza admirável eles fitaram os bolcheviques. A noite cai. O socorro é possível. A cada três horas há uma barragem de artilharia contra nosso setor. De manhã bem cedo eu dou a ordem para entrar na Floresta da Bota. Como um grupo de assalto, meu pelotão suíço deve pegar um grupo de 3 e acabar com o inimigo lá. Exemplarmente, os homens foram sorrateiramente pelo terreno. O inimigo não os ouviu chegar. De repente há um bramido de batalha que assusta não tão somente o inimigo.

Mais tarde, os homens me disseram que o pior momento foi aqueles minutos antes do ataque, em que não podiam se mover, somente ficar esperando pela ordem.

As surpresar prosperaram. A posição dos bolcheviques foi assaltada pelo pelotão suíço e destruída até seu último homem.

Estou orgulhoso desses homens e desejo manter a "tradição do pelotão" para minha companhia para sempre. Muitos desses voluntários com certeza morreram e outros foram machucados seriamente exceto por um homem. Mas eu sei que eles voltarão para a companhia e estou feliz por isso."

Os últimos homens me escreveram uma carta:

"...não havia posições preparadas; nós usamos neve, buracos na terra e crateras. Então deitávamos lá, completamente encharcados, com frio, esperando pelo ataque soviético. Cápsula depois de cápsula, na minha frente, perto de mim, atrás dele. De repente eu ouço um choro de dor. O camarada T. foi atingido. Eu rastejei de volta para atá-lo. Lascas de bala na coxa. Havia acabado de terminar quando o camarada M. pede por ajuda. Depois de um tempo, uma bala passa perto de mim, quando olho para cima, vejo os camaradas D. e S., os homens na metralhadoras, mortos. Eles levaram tiros certeiros.

Deitamos na neve, com a granada de mão pronta e esperando ordem para atacar. Finalmente a ordem veio; nossas granadas de mão já explodindo nas posições soviéticas e destruímos com Hurrah; o inimigo foi vencido e a ilha da floresta tomada. Enquanto isso, um comissário soviético saiu de um bunker, atirou para todos os lados com sua pistola e depois desapareceu de novo... para se matar! Dois valentes suíços também foram vitimas de suas balas...

Durante a noite nos preparamos para a defesa. Estávamos todos molhados. Aquela noite estava fresca estávamos tão molhados que nem podíamos nos mexer. Pela manhã a artilharia voltou a atacar, exatamente na ilha da floresta.

Atacaram a manhã inteira. Ao meio-dia nenhuma árvore estava de pé, a terra estava toda agitada. Naquela manhã os últimos cinco suíços foram trazidos de volta feridos. Na mesma noite nosso regimento foi socorrido e logo após partiram para a Alemanha. Na ocasião da premiação de minha Cruz de Ferro, o comandante do regimento disse: Os suíços foram bravos e provaram isso. Eu disse ao Líder da SS; ele estava contente. E também informou ao Führer!"

Um homem ferido escreve do hospital para o líder de sua companhia:

"...não quero falhar ao expressar-lhe meus agradecimentos pessoais tais quais os de meus camaradas feridos. Os últimos dois pelotões de batalha suíços estão certamente orgulhosos de você e eles fizeram tudo para preservar a boa reputação da nona companhia... Também fui atingido. Mas já estou melhor e logo vou estar de volta, esperançosamente com vocês..."

De outra carta:

"...eu participei da tropa de assalto final em 10 de abril e fui enterrado vivo enquanto estava recuperando nossos feridos. Um choque no cérebro, isso é tudo, e logo vou estar com vocês novamente. Quando me curar, espero que você ajunte nós suíços novamente e todos nós queremos lutar novamente em suas hierarquias."

 

Esse é o espírito dotando o voluntário germânico!

Talvez o treinamento é mais difícil para eles do que para os nascidos "Prussianos". Mas quando vêm para o esforço final, onde lealdade e confiança são decisivas, eles estão entre os primeiros.

Sem ordens, através do violento fogo, eles trouxeram munição para nossas posições. Nenhuma reclamação veio de seus lábios quando a comida estava faltando porque ninguém estava lá para trazê-la ou quando uma das bandas de irregulares atacou a tropa.

Eles seguraram o escudo no alto sobre a honra de seu povo.

O escrito acima é um excerto do livro #565 GERMANIC VOLUNTEERS OF THE WAFFEN-SS.

Cartas ao Editor

Na mosca

Aonde quer que você vai nessa cidade, tudo o que você vê são negros, chinas e viados. Eles são como larvas! Eu queria ter lutado por Hitler! Ele estava certo no alvo do assunto racial. O que devemos colocar hoje em dia é o resultado da farsa conhecida como Segunda Guerra Mundial, onde somente os judeus foram vitoriosos – Chicago USA

Guerreiro Underground na Alemanha

Nós lutamos para a legalização da NSDAP na Alemanha. Nós produzimos milhares de adesivos com o endereço de Lincoln e passamos para diante para camaradas em diferentes regiões. Todas obtiveram sucesso colando-os e agora a polícia de Berlim está investigando. Um triplo Sieg Heil para nosso Führer Adolf Hitler! – Em algum lugar no império dominado alemão.

Admiração sem limites

Agora tal como antes eu tenho uma admiração sem limites por seu trabalho e desejo-lhe de todo coração todo o sucesso que você merece! – Pennsylvania USA

Célula N.S. na África do Sul

Depois de uma longa pausa um de seus mais leais seguidores escreve novamente. Eu já passei um tempo na cadeia por propaganda AO. Agora nós organizamos uma célula de cinco homens e requisitamos material de propaganda em inglês e alemão. África do sul

Saudações do principal ativista australiano

Obrigado por seu jornal que eu leio com interesse. Mantenha o bom trabalho! Aqui embaixo o movimento N.S. está ativo novamente. Veja artigos de jornais inclusos. Nós usamos a Internet também para pôsteres em vários tamanhos. Essa é parte de uma campanha de eleição de dois de nós para o Senado Federal. Jack van Tongeren, Australian Nationalists Movement, PO Box 332, Gosnells WA 6110, Austrália – www.anm.anwu.com

O exemplo do Führer

Nós gostamos de estar recebendo The New Order! Deixamos o Reino Unido, com muita angústia, pois nossa querência está se tornando asilo para o lixo da Europa. Por favor aceite nossa doação de $100. Eu me sinto mal e gostaria de doar mais. Eu freqüentemente penso que Adolf Hitler deveria comer somente maçãs tirolesas por um tempão, para poupar para o partido, então devemos poupar para dar dinheiro para a causa. Heil Hitler! Austrália

Suásticas por toda a parte!

Suásticas por toda a parte! Veja os obituários inclusos no maior jornal da Finlândia. O primeiro é o símbolo da antiga força aérea finlandesa baseado num design de 1918. O segundo é de uma auxiliar finlandesa aliada com o Império Alemão. – Finland

Novo co-trabalhador

Eu sou um nacional-socialista russo vivendo agora no ocidente. Falo diversas línguas e gostaria de ajudar nas traduções. Heil Hitler! North América

Juventude húngara admira Hitler

De acordo com uma pesquisa recente, estudante húngaros de escolas secundárias nomearam Adolf Hitler como a sexta figura histórica favorita! – Califórnia

Endereço de retorno incomum

Por favor me mande material em inglês e russo. Eu achei seu endereço em um adesivo na Argentina – Palestina Sionista Ocupada.

Editor: Fale sobre "Atrás das linhas inimigas!" Mesmo os camaradas em Nova Iorque não estão longe delas!

Lista de Preços

NSDAP/AO Português